Engrossando o caldo afro

O Brasil africano segue se desvendando através da música neste novo milênio. A banda Höröya aparece em 2015 pra fortalecer esse processo com personalidade sonora — pelo menos é essa a impressão que causa o vídeo da faixa “Mansa Fela”. “Mansa” era sinônimo de “rei” no antigo império de Mali e o termo foi usado para batizar a faixa que reverencia Fela Kuti. Ou seja: nada a ver com uma piadinha que rolava um tempo atrás que relacionava um suposto movimento de “afrobeat universitário” com o trocadilho Fela Mansa (uma analogia ao “forró universitário” e ao grupo Fala Mansa). A Höröya tem integrantes brasileiros, senegaleses e guineanos e o set percussivo mistura instrumentos de diferentes culturas. Fiquemos atentos!