Monumento do jazz

Monumento do jazz

Archie Shepp está entre nós. Este senhor de 81 anos é uma testemunha ocular de algumas das passagens históricas do jazz. Ele participou, por exemplo, das gravações de dois dos álbuns mais icônicos de John Coltrane: “A Love Supreme” (1964) e “Ascension” (1965) – muito embora, no caso do primeiro disco, sua participação tenha sido preterida por uma sessão de gravação...

Read More

Negras melodias

Negras melodias

O começo de agosto registra duas efemérides doloridas para a música negra: um ano sem Luiz Melodia (07/01/1951 – 4/08/2017) e dez sem Isaac Hayes (20/08/1942 – 10/08/2008). Afora a coincidência de datas separadas por menos de uma semana, há elementos na biografia de ambos que os aproximam. Nem seria preciso dizer, são duas das vozes mais importantes em gêneros específicos – MPB e...

Read More

Campos do samba

Campos do samba

Nenhum lugar é assim tão longe. A geografia musicada de Rodrigo Campos agora faz o movimento para dentro dele mesmo, um retorno à sua origem, uma visita ao samba que o formou como artista. Seu quarto disco, “9 Sambas”, será lançado nessa sexta-feira 3 de agosto nas plataformas digitais pela gravadora YB Music e a Radiola Urbana divulga com exclusividade a capa e uma música inédita do...

Read More

As peças do quebra-cabeça

As peças do quebra-cabeça

Quatro discos lançados, nove músicos, nove anos de estrada, infinitas influências: “Quebra-Cabeça” é o nome do novo disco da banda paulistana Bixiga 70 e o título soa como uma síntese perfeita da amálgama que junta peças sonoras distintas pra construir algo novo. O som é instrumental, mas há uma mensagem. Em um mundo onde muros se erguem para separar sotaques e culturas, a música...

Read More

Bill Withers, 80 anos

Bill Withers, 80 anos

Hoje (quarta, 6 de julho de 2018) é um dia para a música celebrar: Bill Withers completa 80 anos. Que homem! O soulman é, sim, o compositor de “Ain’t no Sunshine” – hit que estourou nas rádios em 1971 e ganhou uma infinidade de boas versões, inclusive no Brasil e na Jamaica. Embora o sucesso comercial se sustente principalmente por causa dessa canção, a obra e relevância do...

Read More

O verdadeiro velho oeste

O verdadeiro velho oeste

Há muito ainda para se desvendar da música africana. Pense: se no Brasil, a diversidade rítmica é infinita e gera confusão na cabeça dos gringos que não conseguem diferenciar samba de maracatu, o que dizer de um continente com 54 países? A banda Höröyá dá um passo importante nessa jornada sem fim. Idealizada pelo músico André Piruka e formada em São Paulo por instrumentistas...

Read More

Força estranha

Força estranha

Leia nossa entrevista com Gabriel Roth (aka Bosco Mann), baixista e produtora da banda the Dap-Kings, sobre o último disco da cantora norte-americana Sharon Jones. “Soul of a Woman” foi lançado em novembro de 2017, exatamente um ano após a morte da cantora, aos 60 anos, vítima de um câncer no pâncreas. O álbum está entre os melhores do ano passado e é mais um elemento de uma...

Read More

No mar do afro-rock

No mar do afro-rock

Com a guitarra em primeiro plano, André Sampaio se aproxima da estética afro-rock em seu segundo disco solo. “Alagbe” tem produção de Cris Scabello (guitarrista do Bixiga 70) e participações de DJ Nato PK, do tecladista Maurício Fleury, da cantora nigeriana Okwei Odili, do poeta baiano Nelson Macca e do Roberto Barreto (que toca guitarra baiana no Baiana System) Por Ramiro...

Read More

A grande beleza

A grande beleza

PJ Harvey se apresentou no Teatro Bradesco na terça 14/11 escoltada por uma ótima banda de 9 músicos e arrebatou o público com um repertório baseado em seus dois últimos álbuns (“Let England Shake”, de 2011, e “The Hope Six Demolition Project”, de 2016)! Cada arranjo esculpido nos estúdios ganha um elemento teatral no palco e a performance deixa a certeza de que a...

Read More

Um clube no céu do Brasil

Um clube no céu do Brasil

O ensaísta e psicanalista Tales Ab’Saber escreve sobre “Clube da Esquina” (1972), a obra-prima de Milton Nascimento e Lô Borges, que completa 45 anos em 2017 e é lembrada sempre como uma das mais inspiradas da música brasileira. Beto Guedes, Márcio Borges, Wagner Tiso, Fernando Brant, Ronaldo Bastos e Toninho Horta também participam dessa gravação histórica. Por Tales...

Read More

Samba na veia

Samba na veia

#foratemer Existem golpes e golpes. “Golpe de Vista” é o terceiro disco de Douglas Germano. Você pode até não conhecê-lo de nome, mas se você já ouviu Metá Metá, “Encarnado” ou “A Mulher do Fim do Mundo” e gostou, provavelmente já foi fisgado por sua poesia. É dele, por exemplo, a autoria de “Maria de Vila Matilde” — que Elza...

Read More

Bixiga 70 versão aDUBada

Bixiga 70 versão aDUBada

Resultado das experimentações desenvolvidas durante a mixagem do último álbum da banda, “The Copan Connection – Bixiga 70 Meets Victor Rice” (lançado pelo selo alemão Glitterbeat) traz versões desconstruídas das músicas de “III” (2015), segundo o estilo jamaicano do dub: ecos, reverberações e dinâmicas que atravessam o baixo e bateria bem marcados, numa...

Read More

Trilha sonora do gueto

Trilha sonora do gueto

O hip hop é uma cultura de raiz negra surgida nos anos 70 em Nova Iorque. Certo? Sim. A parte da história que nem todos sabem é que se não fosse pelo poder de articulação de um jovem porto-riquenho descendente de judeus, talvez essa forma de expressão tão difundida não tivesse surgido no mesmo contexto e, consequentemente, poderia ter feito um percurso diferente nesses últimos 40 anos....

Read More

Autópsia do samba

Autópsia do samba

Romulo Fróes acaba de lançar o sétimo disco de sua carreira — o primeiro, no entanto, sem composições próprias. “Rei Vadio” reúne 14 músicas de Nelson Cavaquinho e traz participações de Dona Inah, Ná Ozzetti e Criolo. O resultado é lindamente perturbador. Leia nossa entrevista com Romulo. Cantar a morte é pra poucos. Nelson Cavaquinho tinha essa manha. Em uma...

Read More

Muito além dos 50 anos

Muito além dos 50 anos

Um dos discos mais importantes da música brasileira completa 5 décadas em fevereiro de 2016: “Os Afro-Sambas”, de Baden Powel e Vinicius de Moraes. Leia! A contribuição da matriz rítmica do candomblé para a música brasileira é infinita. Ecoa na obra de nossos maiores compositores (como Dorival Caymmi, Gilberto Gil e Jorge Ben), inspira os experimentos de alguns dos discos...

Read More

Coltrane em quadrinhos

Coltrane em quadrinhos

Leia nossa entrevista com o artista italiano Paolo Parisi, autor da HQ “Coltrane”, que acaba de sair no Brasil pela editora Veneta. Na sexta, 19-02, acontece um evento de lançamento do livro na Patuá Discos. John Coltrane não se discute. É uma força da natureza. Todo culto em torno de sua obra e até a igreja com seu nome em São Francisco são perfeitamente concebíveis. Foi...

Read More