Tribo de jazz

Tribo de jazz

A influência do A Tribe Called Quest no hip hop é algo indiscutível e sua obra ainda inspira novos projetos surpreendentes. O produtor francês Medline acaba de soltar na rede um aperitivo do álbum “A Quest Called Tribe”, em que oferece versões instrumentais de faixas do amado grupo de Nova York. Por enquanto, quatro das oito faixas do trabalho foram divulgadas e o resultado é...

Read More

Nadando de braçada

Nadando de braçada

Jards Macalé aprendeu a nadar. Faz tempo. “Sou de peixes, pô, nado desde pequenininho”. Mesmo assim, nos anos 70, agentes da ditadura frequentemente batiam à sua porta no Rio de Janeiro e perguntavam se ele topava dar uma voltinha nada amistosa pela Baía de Guanabara. O “convite” vinha sempre acompanhado da pergunta capciosa: “você sabe nadar?”. A prática era comum e a ameaça...

Read More

Jazz, 1959

Jazz, 1959

1959 foi um ano e tanto para o jazz. Quatro obras são símbolos das transformações que movimentariam o gênero dali pra frente: “Kind of Blue” (Miles Davis), “Mingus Ah Um” (Charles Mingus), “The Shape of Jazz to Come” (Ornette Coleman) e “Time Out” (Dave Brubeck). É um fenômeno interessante que marca também a história de outros gêneros. O rock de 1967 (com “Sargent...

Read More

Motown, Gaye & Wonder

Motown, Gaye & Wonder

O legado da Motown é algo indiscutível: primeira gravadora gerida por negros, alavancou o surgimento e a consolidação da soul music, emplacou uma infinidade de hits nas paradas da Billboard nos anos 60 e 70 e projetou vários artistas para a eternidade da música – Donna Summer & The Supremes, Michael Jackson, The Temptations, Martha and the Vandellas, Smokey Robinson, Lionel Richie...

Read More

Doce potência

Doce potência

Neneh Cherry chutou a porta mais uma vez! Seu álbum “Broken Politics” é o nosso lançamento internacional preferido do ano que passou. Com trajetória solo iniciada no fim dos anos 80, a artista sueca teve alguma projeção pop (nas rádios, na MTV) com seus primeiros três LPs que transitavam em algum lugar próximo do rap e do r&b. Após um hiato de dez anos sem gravar entre 1996 e...

Read More

Arca do afro-funk

Arca do afro-funk

A arca do afro-funk acaba de desvendar mais duas pepitas sonoras. O efeito do fenômeno do funk nos anos 70 – com o sucesso de artistas como James Brown, Kool and Gang, Aretha Franklin, Curtis Mayfield e outros – é algo global e fomentou uma cena própria no continente africano. A combinação da mensagem do orgulho negro com um ritmo feito para dançar e protestar, reverberou em alto e bom...

Read More

IFÁ – “Manifesta”

IFÁ – “Manifesta”

Lançado nesta terça 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, o novo single da banda baiana IFÁ é uma pedrada instrumental na cadência da revolta e da festa. Os arranjos de metais batem no ouvido como uma sequência de golpes de capoeira. A unidade entre guitarra, baixo, bateria, teclados e percussão são um convite para o balanço dos quadris e cinturas. O momento é oportuno. É uma...

Read More

Guizado apocalíptico

Guizado apocalíptico

Os robôs já estão entre nós e cada vez mais manipulam nossa realidade. Verdades são ilusões. “O Multiverso em Colapso”, quinto e novo disco do paulistano Guizado, não poderia ser lançado em um melhor momento. Com uma narrativa apocalíptica e estética de ficção científica, o trabalho desenvolve uma ideia através das letras e sons que poderiam virar um roteiro de filme – na...

Read More

Jazz contra o racismo

Jazz contra o racismo

Embora boa parte do público dos festivais de jazz no Brasil seja a elite branca interessada em uma vertente mais comportada para acompanhar o uísque, a história do gênero mostra que a revolta contra o racismo é uma tradição desde os anos 30 – não por acaso, sua raiz está intimamente relacionada aos cantos dos escravos. A playlist a seguir reúne 10 faixas que simbolizam essa luta em...

Read More

Fela Kuti, 80

Fela Kuti, 80

Regimes militares perseguem a arte e poucos viveram isso tão intensamente quanto Fela Kuti. O músico (cantor, compositor, letrista, produtor, saxofonista e tecladista) nigeriano tem um histórico de confrontos com a ditadura que comandou seu país na década de 1970 – mesmo período em que sua obra evolui espantosamente com mais de 30 discos lançados entre 1971 e 1979. É também neste...

Read More

Monumento do jazz

Monumento do jazz

Archie Shepp está entre nós. Este senhor de 81 anos é uma testemunha ocular de algumas das passagens históricas do jazz. Ele participou, por exemplo, das gravações de dois dos álbuns mais icônicos de John Coltrane: “A Love Supreme” (1964) e “Ascension” (1965) – muito embora, no caso do primeiro disco, sua participação tenha sido preterida por uma sessão de gravação...

Read More

Negras melodias

Negras melodias

O começo de agosto registra duas efemérides doloridas para a música negra: um ano sem Luiz Melodia (07/01/1951 – 4/08/2017) e dez sem Isaac Hayes (20/08/1942 – 10/08/2008). Afora a coincidência de datas separadas por menos de uma semana, há elementos na biografia de ambos que os aproximam. Nem seria preciso dizer, são duas das vozes mais importantes em gêneros específicos – MPB e...

Read More

Campos do samba

Campos do samba

Nenhum lugar é assim tão longe. A geografia musicada de Rodrigo Campos agora faz o movimento para dentro dele mesmo, um retorno à sua origem, uma visita ao samba que o formou como artista. Seu quarto disco, “9 Sambas”, será lançado nessa sexta-feira 3 de agosto nas plataformas digitais pela gravadora YB Music e a Radiola Urbana divulga com exclusividade a capa e uma música inédita do...

Read More

As peças do quebra-cabeça

As peças do quebra-cabeça

Quatro discos lançados, nove músicos, nove anos de estrada, infinitas influências: “Quebra-Cabeça” é o nome do novo disco da banda paulistana Bixiga 70 e o título soa como uma síntese perfeita da amálgama que junta peças sonoras distintas pra construir algo novo. O som é instrumental, mas há uma mensagem. Em um mundo onde muros se erguem para separar sotaques e culturas, a música...

Read More

Lee Morgan, 80 anos

Lee Morgan, 80 anos

Tudo aconteceu muito cedo na carreira de Lee Morgan. Aos 18 anos, ele já integrava a banda de Dizzy Gillespie – o que era um sonho para qualquer músico iniciante de jazz nos anos 50. Em 1972, em plena ascensão, morreu aos 33 anos vítima de tiros disparados por sua mulher, Helen Morgan. Desde então, especula-se até onde o trompetista poderia chegar se tivesse vivido mais. Nesta terça 10...

Read More

Bill Withers, 80 anos

Bill Withers, 80 anos

Hoje (quarta, 6 de julho de 2018) é um dia para a música celebrar: Bill Withers completa 80 anos. Que homem! O soulman é, sim, o compositor de “Ain’t no Sunshine” – hit que estourou nas rádios em 1971 e ganhou uma infinidade de boas versões, inclusive no Brasil e na Jamaica. Embora o sucesso comercial se sustente principalmente por causa dessa canção, a obra e relevância do...

Read More